É cada vez maior a necessidade de controlar e agilizar a afluência de público ou usuários em locais públicos, necessidade que, por sua vez, vem dada por diversos fatores:

  • Ajudar e facilitar o acesso a pessoas com mobilidade reduzida.
  • Manter um correto controle da capacidade para evitar aglomerações e problemas caso exista a necessidade de evacuação por emergência.
  • Por razões de segurança.
  • Para realizar a contagem de clientes em locais e comércios.
  • Para manter uma correta climatização dentro dos edifícios.
  • Para agilizar o fluxo de pessoas e trabalhadores.

As portas automáticas e os sistemas de controle de acesso são cada vez mais comuns e podem ser encontrados na maioria dos edifícios ou locais públicos, pois este tipo de portas é de grande ajuda quando se trata de agilizar e controlar o acesso graças a sua avançada tecnologia.

As portas automáticas são elementos-chave na eliminação de barreiras, visto que permitem que qualquer pessoa possa acessar facilmente, sem ter que realizar um esforço extra, qualquer edifício ou transporte público, o que garante a igualdade entre os cidadãos. Além disso, as portas automáticas ajudam e facilitam que a circulação de pessoas e trabalhadores seja fluída, melhorando a experiência de clientes e usuários e evitando, por sua vez, filas, aglomerações e possíveis acidentes.

Por outro lado, estas portas servem tanto para controlar como para limitar a capacidade em locais, edifícios e estádios graças aos seus modernos e sofisticados sistemas de contagem, que por sua vez são de grande ajuda em comércios. Manusa, por exemplo, conta com um potente sensor de visão estereoscópica que oferece dados precisos em tempo real, estabelecendo assim padrões de conduta dos consumidores e oferecendo dados de grande relevância a comércios e negócios.

Assim como foi mencionado na seção anterior, graças ao controle que as portas automáticas exercem quanto à capacidade, aumenta-se drasticamente a segurança tanto em edifícios como no transporte público. Ao conhecer a capacidade real das instalações, o âmbito de atuação e evacuação em caso de emergência é superior e eficiente, podendo atuar diante de qualquer problema de uma forma mais controlada. Além disso, as portas automáticas com mecanismo antipânico integral da Manusa, que permite abater as folhas por simples impulso manual para conseguir o máximo espaço de circulação em caso de emergência, ajudam a realizar uma evacuação mais rápida e segura se este for o caso.

As portas automáticas, além de facilitarem o acesso a certas instalações ou transportes, também serão de grande ajuda para isolar termicamente os mesmos e para manter uma correta climatização, o que por sua vez implicará uma grande economia energética. Além disso, graças a esta economia, serão reduzidas as emissões dos gases que causam o efeito estufa, ajudando por outro lado na proteção do meio ambiente.

É essencial manter certo controle sobre as pessoas que acessam os locais públicos e meios de transporte, portanto utilizar portas automáticas e sistemas de controle de acesso com este fim converte-se em um objetivo essencial para alcançar a segurança e conforto necessários.