Manusa, juntamente com seu distribuidor autorizado no Paquistão, MESI Enterprises, venceu o concurso para a execução de um sistema integrado de portas automáticas para estações da linha BRT (Bus Rapid Transit) em Peshawar (Paquistão). Especificamente, este sistema será instalado no projeto TransPeshawar, um sistema de transporte rápido, atualmente em construção, com intuito de  melhorar a qualidade e a eficácia da rede de transporte urbano da cidade. O projeto é financiado pelo Banco Asiático de Desenvolvimento, que trabalha para promover o desenvolvimento econômico, reduzir a pobreza e proteger o meio ambiente, entre outros objetivos, na região Ásia-Pacífico.

A Manusa será responsável pela fabricação das 430 portas que serão necessárias nas 31 estações de TrasnPeshawar, bem como o sistema de controle, enquanto a MESI Enterprises será responsável pela instalação e pelo serviço. Os sistemas integrados de portas automáticas para estações de linhas BRT da Manusa se integram totalmente na arquitetura da estação e são concebidos para um uso intensivo. Está previsto que este sistema de transporte seja acessível a quase 18% da população da área, o que significa servir mais de meio milhão de pessoas.

Além disso, os sistemas de BRT da Manusa permitem que os seus equipamentos de controle sejam integrados com o restante dos sistemas da estação, desde barreiras tarifárias e iluminação, até ao controle climático ou o sistema de comunicação com os usuários, por exemplo.

Este sistema é composto por quatro elementos fundamentais:

  • Sistema de posicionamento do veículo. O ônibus se comunica com a estação para coordenar a abertura correta das portas na plataforma.
  • Portas automáticas. São compostas pelo operador que oferece o mais alto desempenho e uma série de folhas fixas e móveis que formam um conjunto modular. Para garantir a segurança do usuário, as portas automáticas possuem diversos sensores e dispositivos de segurança.
  • Sistema de comunicação. Este sistema supervisiona o posicionamento do veículo, bem como a gestão de ordens de abertura e fechamento do conjunto de portas automáticas nas plataformas.
  • Sistema de gerenciamento escalável. Este sistema permite modular facilmente o sistema de controle de abertura e fechamento das portas automáticas se as necessidades da rede aumentarem.

Durante os próximos três meses, Manusa e MESI Enterprises terão de desenvolver o projeto vencedor do concurso. Para isso, têm-se a vantagem dos sistemas de BRT da Manusa serem fáceis de instalar e perfeitamente adaptáveis ​​a qualquer infraestrutura. Isso é combinado com sua baixa manutenção e é um sistema expansível, o que permitirá a adaptação ao próprio crescimento do sistema de BRT da TransPeshawar.

Além disso, este sistema BRT da Manusa é versátil, pois é capaz de responder a todas as necessidades de controle e segurança, é inteligente, uma vez que pode identificar os diferentes veículos das diferentes linhas e realizar a abertura para cada veículo na plataforma correta. Algo fundamental em um BRT como o TransPeshawar, que usará uma frota de 299 ônibus.

Atualmente, Manusa dispõe de 1.000 portas instaladas em outros sistemas BRT no Paquistão, sendo líderes indiscutíveis nesse mercado. Entre eles no Rawalpindi-Islamabad Metrobus, onde se instalaram 550 portas automáticas nas 38 estações que compõem esse serviço.

A qualidade do sistema BRT da Manusa, bem como a sua experiência no país, foram dois aspectos fundamentais para a empresa, juntamente com a MESI Enterprises, ter vencido este concurso que consolida a sua presença no Paquistão.

Manusa Portas Automáticas