A Associação Espanhola de Portas Automáticas (APA), juntamente com o Instituto Tecnológico de Metalurgia, Mobiliário, Madeira, Embalagem e Afins (AIDIMME), promoveu o primeiro Observatório Europeu de Portas Automáticas. O objetivo deste painel de análise é fornecer critérios estratégicos às empresas do setor das portas automáticas, por meio de informações e análise qualificada dos dados obtidos em situações reais empresariais e de mercado (tanto nacional como internacional).

Pretende-se que este Observatório Europeu de Portas Automáticas se torne um instrumento fundamental para a tomada de decisões empresariais que visem aumentar a competitividade empresarial, melhorar o setor produtivo e gerar emprego estável no setor das portas automáticas.

Observatório Europeu de Portas Automáticas

Nasce o primeiro Observatório de Portas Automática

Para isso, o Observatório utilizará uma metodologia de trabalho própria da AIDIMME, utilizada e contrastada em observatórios de mercado de diversos setores económicos, como cerâmica, têxtil, plástico, brinquedo, entre outros. Essa metodologia baseia-se na participação de todas as empresas da cadeia de valor: fornecedores, fabricantes, instaladores, distribuidores, entre outros. É assim que se obtém um painel representativo do setor das portas automáticas, que servirá de base para o funcionamento do Observatório e a coleta de dados para os diferentes estudos que serão realizados.

A importância deste Observatório reside na necessidade de conhecimento de um setor onde existe uma grande dificuldade em obter fontes específicas. Por exemplo, não há uma seção específica no IAE para a instalação e manutenção de portas automáticas. Logo, as informações obtidas a partir daí, ao não diferenciar de outros grupos com o mesmo sistema, não são muito confiáveis. O mesmo acontece com os dados de exportação. A classificação é compartilhada com outros produtos, o que não ajuda a conhecer os dados reais do setor.

Com a recolha de dados do Observatório, poderá ser tirada uma foto muito mais real do que a atual do setor das portas automáticas, tanto em fabricação, como em comercialização, exportação, contribuição para o PIB, tamanho e número de empresas, evolução, desafios… informações de grande importância para um setor com grande capacidade de adaptação e flexibilidade diante de novas mudanças e desafios.

Uma das primeiras ações deste Observatório Europeu de Portas Automáticas será realizar um estudo prévio do mercado das portas automáticas na Espanha. Para isso, serão analisados ​​dados oficiais, como os do Instituto Nacional de Estatística ou do Diretório Central de Empresas, por exemplo, e informações coletadas diretamente de empresas do setor. Este estudo visa alcançar dois objetivos. Por um lado, estabelecer a situação do setor, conhecer as principais atividades e o tipo de empresas que o compõem. Por outro lado, o estudo servirá para conhecer as possibilidades de segmentação e de amostragem para a criação do painel industrial.

Numa primeira fase, o Observatório concentrará a sua atividade apenas na Espanha, para conhecer e dar visibilidade ao setor espanhol das portas automáticas. No entanto, seu objetivo é mais ambicioso, pois pretende evoluir com a exportação desse know-how para outros países da União Européia e também da América Latina. Para este fim, serão utilizadas as associações setoriais ligadas à APA. Essa associação é membro da Federação das Associações Europeias de Indústrias de Portas (ESDF) e do organismo setorial espanhol das portas automáticas no México e no Chile, através da Câmara Espanhola de Comércio desses países, e está em processo de adesão às Câmaras no Peru e na Colômbia. Além disso, a Associação Espanhola de Portas Automáticas representa mais de 75% da produção e comercialização do setor das portas automáticas no mercado espanhol, bem como de suas exportações.

Manusa Portas Automáticas