As fronteiras entre os países são um dos pontos onde a segurança tem mais importância, devido à possibilidade de um ataque ou tráfico ilegal de pessoas, drogas ou substâncias proibidas a nível legislativo. Ao mesmo tempo, são lugares onde milhões de pessoas e mercadorias circulam diariamente, por isso é necessário acelerar o tráfego, mas sem perder segurança e qualidade nos serviços.

Graças ao avanço das novas tecnologias, existem atualmente vários mecanismos e sistemas para garantir a segurança nas fronteiras dos aeroportos.

Sistemas de controle automático de fronteiras

A mobilidade aeroportuária aumentou bastante nos últimos anos, sendo absolutamente necessário recorrer a novos sistemas de controle e segurança que também permitam que os procedimentos sejam realizados com a maior rapidez e eficiência possível.

Atualmente, na Espanha, existem vários aeroportos que possuem um novo sistema “desatendido” de controle de fronteiras  e, durante o ano de 2017, mais de um milhão e meio de passageiros fizeram uso das cabines sem o agente da polícia ABC System (Automated Border Control) para entrar ou sair do País.

Estas cabines são muito úteis como medida de segurança, especialmente desde a entrada em vigor do Código das Fronteiras Schengen, o qual exige que todos os membros da União Européia realizem controles de todos os passageiros, tanto na entrada como na saída do País, com o objetivo de melhorar e aumentar os níveis de segurança.

Vantagens do controle automatizado

Embora, a priori, possa parecer que o Código de Schengen aumenta o tempo de revisão dos passaportes, na Espanha, este tempo médio está bem abaixo da média européia, graças à implementação do sistema ABC. Aeroportos e portos tão importantes, como Madrid, Barcelona, ​​Girona, Palma, Alicante, Málaga, Tenerife Sul, o Porto de Algeciras, e também no cruzamento terrestre entre La Linea de la Concepción e Gibraltar, possuem este sistema inovador cada mais generalizado e exigido nos controles das fronteiras.

O controle automatizado dos sistemas aduaneiros garante maior rapidez, segurança, modernidade e conforto para os passageiros, uma vez que é possível superar o controle da polícia em cerca de 40 segundos, sem a necessidade de intervenção dos agentes aduaneiros.

Este sistema possui grandes vantagens, tanto para os usuários como para os agentes alfandegários.

  • Minimiza e simplifica o trabalho dos agentes alfandegários.
  • Acelera e facilita a passagem de usuários através da alfândega.
  • Os sistemas atuais de controle automático de fronteiras são capazes de gerenciar declarações, tirar fotografias, processar os dados de passaportes e impressões digitais.
  • Graças à biometria e aos leitores de passaporte, a segurança dos cidadãos é garantida e facilita a detecção de uma possível ameaça, por parte das autoridades.
  • Os sistemas de controle de acesso estão totalmente adaptados para as pessoas com mobilidade reduzida.
  • A experiência do usuário no controle aduaneiro é mais agradável graças à velocidade e à facilidade de passagem oferecidas por esses sistemas.

Em que consiste e como funciona o sistema ABC?

Alfândegas e controles de acesso: como melhorar a experiência do usuário

Os módulos ABC são constituídos por umas portas de entrada e um sistema de validação de passageiros, embora também possa ser combinado com um sistema de bloqueio para aumentar a segurança, como em El Prat de Barcelona. Em El Prat há um sistema de bloqueio instalado com um duplo corredor monitorado. Quando o viajante entra na área do bloqueio, é fechada a porta de acesso, abrindo apenas se ocorrer a identificação e se tiver a permissão de entrada necessária para acessar o País.

O sistema de controle automatizado ABC identifica os passageiros (os usuários tem que ter mais de 18 anos de idade) através de três etapas simples:

  • Autenticação do passaporte, comparando os dados obtidos com a base de dados da Polícia Nacional.
  • Com uma verificação biométrica:
    • Verificação da identidade através da impressão digital.
    • Verificação da identidade através do reconhecimento facial.

Os sistemas de restrição de passagem da Manusa permitem realizar um completo e correto controle automatizado nas alfândegas portuárias e aeroportos, graças ao sistema de validação de três etapas.

Além desses sistemas, Manusa possui um sistema moderno de corredores motorizados equipados com 11 pares de fotocélulas para identificar a presença de usuários e evitar aglomerações acidentais dos passageiros e de suas bagagens.

Outra das características destes sistemas é que podem regular, tanto a velocidade como a força de abertura dos painéis de vidro retrátil. E, em caso de evacuação ou falha na fonte de alimentação, esses painéis permanecem abertos para facilitar a evacuação dos ambientes e para garantir a segurança de todos os usuários.

Manusa Portas Automáticas